Curta o Paulistana no Facebook



Moradores de rua recebem água mineral em procissão por chuva em SP

Posted on
  • segunda-feira, 23 de março de 2015
  • by
  • Redação
  • in
  • Marcadores:
  • Iniciativa foi da Pastoral do Povo de Rua no ato convocado pelo arcebispo

    Procissão foi pedida antes do início de um período de chuvas na cidade. Foto: Divulgação

    Por Arthur Gandini

    Moradores de rua da cidade de São Paulo receberam garrafas de água mineral no domingo (22) na procissão pela "bênção das chuvas" que ocorreu da Igreja da Consolação até a Catedral da Sé. As informações são do site da Arquidiocese de São Paulo.

    A iniciativa foi da Pastoral do Povo de Rua, que aproveitou o evento convocado pelo arcebispo Dom Odilo Scherer.

    Carta publicada no site da Arquidiocese no dia 27 de fevereiro pedia a procissão. O cenário, entretanto, mudou com um período de chuvas que parou a queda do nível dos reservatórios hídricos, mas o evento foi mantido.

    "A reação (dos moradores de rua) foi boa", conta o vigário espicopal da pastoral, Julio Lancellotti, ao Paulistana. O também pároco da igreja São Miguel Arcanjo, na Região Belém, relata que o povo de rua tem sofrido com a crise hídrica. "Não podem tomar banho, lavar roupa e, nos centros de acolhida, falta água", afirma.

    Os fiéis, junto a padres, bispos auxiliares e o cardeal fizeram súplicas no percurso até a Praça da Sé, cantos, orações e agradeceram a Deus pela chuva durante a procissão penitencial. Uma missa foi celebrada por Dom Odilo, em seguida, na Catedral.

    “Acabamos de fazer um ato de fé no Deus da vida, providente. Nós cremos que Deus é Senhor da natureza, é nosso pai, pode ouvir nossas preces", afirmou o cardeal na homilia.

    Leia a oração do beato Paulo VI para se pedir chuva:

    "Deus, nosso Pai, Senhor do Céu e da terra,
    Tu és para nós existência, energia e vida
    Criaste o homem à Tua imagem
    a fim de que com o seu trabalho ele faça frutificar
    as riquezas da terra,
    colaborando assim com a Tua criação.
    Temos consciência da nossa miséria e fraqueza:
    nada podemos fazer sem Ti.
    Tu, Pai bondoso, que sobre todos fazes brilhar o sol
    e fazes cair a chuva,
    tem compaixão de todos os que sofrem duramente
    pela seca que nos ameaça nestes dias.
    Escuta com bondade as orações que Te são dirigidas
    com confiança pela Tua Igreja,
    como satisfizeste as súplicas do profeta Elias,
    que intercedia em favor do Teu povo.
    Faze cair do céu sobre a terra árida
    a chuva desejada,
    a fim de que renasçam os frutos
    e sejam salvos homens e animais.
    Que a chuva seja para nós o sinal
    da Tua graça e da Tua bênção:
    assim, reconfortados pela Tua misericórdia,
    dar-te-emos graças por todos os dons da terra e do céu,
    com os quais o Teu Espírito satisfaz a nossa sede.
    Por Jesus Cristo, Teu Filho,
    que nos revelou o Teu amor,
    fonte de água viva, que brota para a vida eterna. Amém."