Curta o Paulistana no Facebook



Encíclica sobre ecologia do papa deve ser publicada em junho

Posted on
  • terça-feira, 28 de abril de 2015
  • by
  • Redação
  • in
  • Marcadores:
  • Francisco contou a previsão hoje em encontro com o secretário-geral da ONU

    Da Redação

    O Papa Francisco afirmou nesta terça-feira (28) que a sua encíclica sobre ecologia deve ser publicada em junho. As informações são da agência Ansa.

    O pontífice informou a previsão ao secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), Ban Ki-moon, que o visitou hoje após o seminário "Proteger a Terra, Enobrecer a Humanidade", que aconteceu na Pontifícia Academia das Ciências, no Vaticano.

    "Erradicar a pobreza extrema, colocar fim à exclusão social e proteger o meio-ambiente são valores que são plenamente coerentes com as grandes religiões", disse Ban após o encontro. "Papa Francisco é uma das vozes morais mais apaixonadas por estes valores e eu aplaudo sua liderança", afirmou.

    O secretário também agradeceu por Francisco ter aceitado discursar em assembleia da ONU no dia 25 de setembro, quando estará em visita oficial aos Estados Unidos.

    Segundo papa, a encíclica já está pronta. O Vaticano já havia informado na última semana que falta apenas o revisar o documento.

    Relembre

    A encíclica, que é o tipo mais importante de documento papal, foi redigida com o apoio de dois pacotes com materiais sobre ecologia enviados pelo teólogo brasileiro Leonardo Boff, especialista no tema. Boff confirmou o envio em entrevista à agência Ansa no ano passado.

    O teólogo mantinha relações distantes com os dois últimos papados desde quando foi condenado a um "silêncio obsequioso" nos anos 80 pelo pelo prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé (antiga Inquisição), Joseph Ratzinger, o futuro Papa Bento XVI.

    Seu livro "Igreja: Carisma e Poder" fez críticas como o excesso de poder do clero e a maior preocupação com os pecados da doutrina do que com os morais. O ex-frade franciscano é um dos percursores da chamada Teologia da Libertação, anticapitalista e que defende uma Igreja voltada para os pobres.

    Segundo rumores ouvidos pelo Paulistana, os pacotes teriam sido enviados por meio do núncio apostólico da Argentina, Emil Paul Tscherrig. Seria o único modo seguro de cartas e outros materiais chegaram até o pontífice, devido a parte do clero ser contrária ao atual papado.

    A próxima encíclica será a primeira escrita sozinha por Francisco. A última, "Lumen Fidei", foi iniciada por Bento XVI, que renunciou o papado em 2013 alegando estar em idade avançado para o cargo, após as denúncias de corrupção no Banco do Vaticano.