Curta o Paulistana no Facebook



Papa aceita denúncia de bispo dos EUA condenado por esconder pedofilia

Posted on
  • terça-feira, 21 de abril de 2015
  • by
  • Redação
  • in
  • Marcadores:
  • Dom Robert Finn apresentou carta desejando que a sua comunidade permaneça unida

    Bispo não quis denunciar caso quando descoberto pela diocese. Foto: Reprodução/ABC

    Da Redação

    O Papa Francisco aceitou nesta terça-feira (21) a renúncia de bispo condenado em 2012 por acobertar caso de pedofilia no clero.

    Dom Robert Finn apresentou hoje carta a diocese de Kansas City-Saint Joseph comunicando sua decisão. Utilizou o 2º parágrafo do Código Canônico como justificativa, que se refere ao abandono do episcopado motivos de saúde ou "outras causas graves".

    Na carta, manifestou o desejo de que seu sucessor seja bem acolhido. "Rezo para que o seu novo bispo, quando ele chegar, encontre uma comunidade unida, tanto no seu amor por Jesus e sua mulher, a Igreja", disse.

    Também falou, no texto, que as próximas semanas serão um "tempo de graça e cura" para a comunidade católica na região. Nove novos padres devem ser ordenados em breve.

    Finn foi o primeiro bispo dos EUA a ser condenado criminalmente por acobertar um caso de pedofilia no clero. A diocese de Kansas City-Saint Joseph demorou cinco meses para entregar imagens pornográficas de crianças de escola encontradas no computador do padre Shawn Ratigan.

    A denúncia foi feita sem a autorização do bispo, que tinha apenas pedido que o sacerdote passasse por exames psiquiátricos e que fosse transferido para um convento, onde não teria contato com crianças.

    Leia também: Vaticano entrega presentes ao pobres enquanto Papa faz Via Sacra