Curta o Paulistana no Facebook



PJ arquidiocesana questiona servidão da Igreja em mensagem da Páscoa

Posted on
  • domingo, 5 de abril de 2015
  • by
  • Redação
  • in
  • Marcadores:
  • Em texto publicado em seu site, pastoral faz referência ao hino da CF 2015

    Campanha convida o Povo de Deus a ser missionário e servidor. Foto: Reprodução/Http://pjsp.org.br

    Da Redação

    A PJ (Pastoral da Juventude) arquidiocesana de São Paulo questionou neste domingo (5) o caráter de servidão da Igreja em mensagem da Páscoa. O texto foi publicado no site da pastoral.

    "Queridas e queridos jovens, estamos vivendo o tríduo em preparação à festa da vida, à festa da libertação. E nos perguntamos: será que realmente sentimos e rezamos o que o refrão do hino da Campanha da Fraternidade 2015 nos diz?", disse o texto.

    A mensagem faz referência ao refrão do hino da Campanha da Fraternidade 2015, "Eu vim para servir! (Mc 10, 42-45)", que trata da necessidade do Povo de Deus ser missionário e de se colocar a serviço do próximo.

    Confira a mensagem na íntegra:

    "Mensagem de Páscoa da PJ São Paulo!

    Quero uma Igreja solidária, servidora e missionária, que anuncia e saiba ouvir. A lutar por dignidade, por justiça e igualdade, pois EU VIM PARA SERVIR (Mc 10, 42-45)”.

    Queridas e queridos jovens, estamos vivendo o tríduo em preparação à festa da vida, à festa da libertação. 

    E nos perguntamos: será que realmente sentimos e rezamos o que o refrão do hino da Campanha da Fraternidade 2015 nos diz?

    Esse é o momento de se permitir viver o silêncio, o jejum e a oração. Rezar a paixão de Jesus Cristo sempre na certeza da ressurreição.

    Vamos sonhar juntos, sonhar com uma igreja a serviço da vida, vamos dar as mãos e ouvir quais os gritos que não demos atenção, os gritos que estavam silenciados em nossos corações…

    Os gritos das pessoas que são diariamente pregadas na cruz, daqueles que passam fome, do abandono, do cárcere, da violência, das drogas, da exclusão…

    Afinal, o amor é mais forte, o amor prevalece.

    Que esta semana, que esta Páscoa nos faça refletir sobre nossas atitudes, nossas ações na Igreja e na Sociedade.

    Jesus Cristo nos pega pela mão e nos chama: Vem! Calça as sandálias e assume a sua Missão."